Regiões Brasileiras

Existem cinco regiões brasileiras, que dividem o território do país, são elas: nordeste, norte, centro-oeste, sudeste e sul. Essa divisão se dá por meio de características relativas ao meio natural, como relevo, clima, vegetação, hidrografia, bem como às atividades econômicas.

Veja as principais características de cada uma das regiões brasileiras, inclusive, os estados que as formam:

Região Nordeste

É a região com a maior costa litorânea do país, sendo composta por nove estados, são eles e suas respectivas capitais: Ceará (Fortaleza), Rio Grande do Norte (Natal), Maranhão (São Luís), Piauí (Teresina), Paraíba (João Pessoa), Pernambuco (Recife), Alagoas (Maceió), Sergipe (Aracaju) e Bahia (Salvador).

A Ilha de Fernando de Noronha também integra a região nordeste, embora esteja a 543 km de distância da capital do estado ao qual pertence – Pernambuco. Entre as curiosidades do nordeste, está o fato de uma única capital não estar localizada no litoral – Teresina, no Piauí.

Juntos, os estados nordestinos somam quase 30% da população brasileira. Quanto à sua economia, é uma região que passa por uma série de episódios de seca durante o ano. No entanto, o seu potencial econômico está nas grandes jazidas de petróleo, na exportação de produtos tropicais e na promoção do turismo.

Região Norte

É a maior região brasileira, além de fazer fronteira com vários países da América Latina, entre eles, Colômbia, Venezuela, Bolívia, Peru, Guiana, Suriname e Guiana Francesa. Já em território brasileiro, são sete os estados que formam o norte do país. São eles e suas respectivas capitais: Amazonas (Manaus), Acre (Rio Branco), Pará (Belém), Roraima (Boa Vista), Rondônia (Porto Velho), Tocantins (Palmas) e Amapá (Macapá).

Praticamente toda a região norte está situada na área da bacia amazônica, o que permite aos estados serem cobertos pela floresta tropical. Nos anos 60 e 70, a região destacou-se no cenário econômico do país graças a sua riqueza mineral e ao seu potencial agrícola. No entanto, a atividade agrícola sempre foi um empecilho para a conservação ambiental.

Devido ao grande desmatamento que a Amazônia sofreu nos anos de 70 e 80, hoje em dia, a região é monitorada via satélite. Embora os esforços sejam contínuos quanto à preservação, inclusive, da comunidade internacional, ainda é difícil evitar o desmatamento, muitas vezes, promovida por meio das queimadas.

Região Centro-Oeste

Essa região é a única que não é banhada pelo mar. Dessa forma, faz fronteira com o Paraguai e a Bolívia. Também está estrategicamente em um ponto em que pode se comunicar facilmente com as demais regiões. Os estados que compõem a região centro-oeste são três, sendo eles os seguintes, com as suas respectivas capitais: Goiás (Goiana), Mato Grosso do Sul (Campo Grande) e Mato Grosso (Cuiabá) e mais o Distrito Federal.

A região se caracteriza pelas savanas tropicais e planaltos, além de ser pouco povoada. Já foi, inclusive, uma área bastante isolada do país, no passado. Mais recentemente, começou a se desenvolver com a produção agropecuária e industrial. É nela também onde está a cidade de Brasília, capital do país, inaugurada em 1960.

Região Sudeste

É a segunda menor região brasileira e a mais desenvolvida em termos econômicos. Também é a mais populosa, reunindo 44% da população brasileira. São quatro os seus estados: São Paulo (São Paulo), Rio de Janeiro (Rio de Janeiro), Minas Gerais (Belo Horizonte) e Espírito Santo (Vitória).

Nas redondezas de São Paulo está concentrado o centro econômico brasileiro, graças às cidades altamente industrializadas. O mesmo acontece em Belo Horizonte e Rio de Janeiro. Além disso, a região é rica em minérios e sua agricultura, a mais avançada do país, produz café e cereais para exportação, bem como carne e leite.

Região Sul

É a menor região do Brasil, conta com três estados: Rio Grande do Sul (Porto Alegre), Santa Catarina (Florianópolis) e Paraná (Curitiba). Além de possuir litoral em todos os seus estados, os mesmos fazem fronteira com o Uruguai, Argentina e Paraguai. Possui alto desenvolvimento econômico, tanto rural quanto industrial.

Suas características naturais principais são as extensas planícies denominadas pampas, onde predomina a pecuária. A oeste, estão as Cataratas do Iguaçu, na fronteira argentina, uma das mais belas maravilhas da natureza no mundo. Já a maior cidade é Porto Alegre, do estado que se encontra na fronteira meridional do Brasil.