Taurina – Efeitos Colaterais, O que é e Benefícios

A l-taurina também chamada apenas de taurina é considerado um aminoácido não essencial, uma vez que indivíduos adultos podem produzi-la, além de estar disponível na alimentação por meio dos laticínios, peixes e carnes vermelhas. No entanto, quando o organismo não a produz ou a sua ingestão é insuficiente pode ser necessário o uso de suplementos.

taurina pertence ainda à categoria dos ácidos orgânicos, sendo chamada ainda de ácido 2-aminoetanossulfónico e possui enxofre (encontrado na bílis). É um dos aminoácidos mais abundantes do organismo, inclusive, nos músculos esqueléticos, no sistema nervoso central, no coração e no cérebro. Também está nos intestinos e nos ossos esqueléticos.

Para que serve a Taurina

taurinaA taurina é importante em diferentes partes do organismo. Uma delas é no sistema cardiovascular, onde desempenha papel na hora do transporte de nutrientes essenciais, entre eles, cálcio, magnésio e potássio para dentro e para fora das células do coração, o que é fundamental para melhorar o seu funcionamento.

Nesse sentido, quando o organismo sofre com baixos níveis de taurina, as chances de ataque cardíaco são maiores. Em alguns países, é comum usar o aminoácido para tratar pacientes com insuficiência cardíaca congestiva, arritmia, ataques cardíacos e outras doenças, pois fortalece as contrações cardíacas. A taurina também atua como emulsionante (que facilita a mistura de duas substâncias) dos lipídeos, no intestino delgado, ajudando a sua absorção.

É comum encontrar no mercado uma série de produtos que são enriquecidos com taurina, como algumas bebidas energéticas (quando podem estar associados a outros princípios ativos, como a creatina), uma vez que a substância possui efeito desintoxicador. Isso significa que ela facilita a excreção de substâncias que não são mais importantes para o corpo.

O aminoácido opera ainda como transmissor metabólico, potencializando os efeitos da insulina, ao facilitar o metabolismo de glicose e aminoácidos. Isso também ajuda a retardar a fadiga, motivo pelo qual é usado por atletas.

Efeitos Colaterais da Taurina

Devidos aos seus benefícios, a taurina é usada como suplemento por algumas pessoas, podendo ser encontrado na forma de pós, cápsulas, líquidos. Mesmo assim, como remédios e outros suplementos, a taurina possui efeitos colaterais e quem decidir pela suplementação deve antes consultar um médico especializado, que também vai definir qual a dosagem correta.

Estudos apontam que até 1.000 mg por kg de peso corporal por dia da substância não é prejudicial, porém, pessoas com uma dieta equilibrada e que não são atletas não precisam se preocupar com a suplementação. Entre os efeitos colaterais do uso da taurina em níveis altos que configuram toxicidade estão diarreia e úlceras pépticas.

Além disso, altas doses de aminoácidos podem desencadear uma sobrecarga no funcionamento do fígado e dos rins. Dessa forma, o suplemento é contraindicado para indivíduos com problemas nestes órgãos, desde que tenham aprovação médica.

Benefícios da Taurina

Além de ser benéfica para as funções do organismo que dependem do aminoácido, a taurina conta com outras vantagens, que vão muito além dos benefícios que oferece para os atletas. Embora a Anvisa – Agência Nacional de Vigilância Sanitária permite o uso de taurina como suplemento para atletas, o seu uso não é aconselhável para os demais indivíduos (já que uma dieta equilibrada pode ser o suficiente para manter os níveis adequados do aminoácido no organismo), a não ser em alguns tratamentos específicos onde pode ser útil.

Um dos exemplos é o uso da substância no tratamento de pacientes com epilepsia, uma vez que a taurina é um neurotransmissor inibitório que pode atuar como um sedativo para estados cerebrais excitáveis​​.

Dessa forma, o aminoácido pode prevenir convulsões em epilépticos, bem como reduzir os estados maníacos de quem sofre de transtorno bipolar. Já quem precisa melhorar o seu fluxo de sangue no organismo também pode se beneficiar das vantagens da taurina, uma vez que a substância ajuda no alargamento do sistema vascular, a partir da dilatação dos vasos sanguíneos.

Estudos mais recentes apontam outros benefícios da taurina, como o seu papel na redução dos níveis do colesterol ruim, ao melhorar a função da vesícula biliar. A taurina também funciona como um antioxidante, protegendo o corpo de danos causados pelos radicais livres. Outras pesquisas mostram os benefícios da taurina associados ao tratamento de infertilidade masculina, cirrose, depressão e diabetes tipo 2.