Como Controlar a Ansiedade

Aprenda a diminuir sintomas de ansiedade através de hábitos simples, incluindo alimentos e exercícios benéficos a sua vida.

Ansiedade também é chamada de nervosismo e se configura como uma característica inerente ao ser humano, que surge quando se percebe a existência de um perigo real ou imaginário. Como consequência, o corpo reage com sintomas que incluem os batimentos mais rápidos do coração, medo, aperto do peito e transpiração.

No entanto, nem sempre é fácil controlar essas sensações, pois o mais comum é que o estado emocional da ansiedade esteja relacionado a acontecimentos vividos ao longo da vida. Assim, o que pode causar nervosismo para uma pessoa nem sempre é motivo para que outra passe pelos sintomas da ansiedade.

Causas da ansiedade e do nervosismo

garota-nervosismo

A ansiedade não é de todo ruim, pois ela estimula o indivíduo a entrar em ação ao perceber que alguma coisa é perigosa. Por outro lado, em excesso, o sentimento de nervosismo age ao contrário, impedindo reações.

O problema da ansiedade, nos dias de hoje, se concentra no fato de muitas pessoas tornarem-se ansiosas e nervosas. Ou seja, elas não estão apenas ansiosas, elas são ansiosas permanentemente. Isso sim é uma anormalidade que deve ser tratada, pois prejudica a saúde, sem que a pessoa possa relaxar, ficando sempre em estado de alerta.

Embora as causas dessa ansiedade frequente estejam ligadas ao dia-a-dia estressante que muitas pessoas têm, sofrendo pressão no trabalho e devendo lidar com mil e uma coisas ao mesmo tempo, ela tem consequências químicas do organismo, afetando as suas funções.

Nesse sentido, o que mais causa ansiedade às pessoas, segundo pesquisas, são as seguintes preocupações diárias:

  • Pagar contas;
  • Problemas no trabalho;
  • Cuidar dos filhos;
  • Tarefas domésticas;
  • Cuidar da aparência;
  • Chegar ao trabalho no horário;
  • Responder aos e-mails;
  • Reuniões;
  • Planejar atividades sociais.

Alguns acontecimentos que não estão ligados a preocupações diárias ou ao perigoso também causam os sintomas de ansiedade e nervosismo em homens e mulheres. Confira são os mais apontados nas pesquisas:

  • Dar à luz ou assistir ao nascimento do primeiro filho;
  • Primeiro dia no emprego;
  • Casamento;
  • Cirurgias;
  • Comprar uma casa;
  • Perder a virgindade;
  • Ser demitido;
  • Problemas com a justiça;
  • Primeiro beijo;
  • Sair da casa dos pais.

Como é possível perceber, muito dos sintomas da ansiedade surgem diante de fatos novos que estão para acontecer pela primeira vez, já que por serem novos, não se sabe exatamente o que vai acontecer. Esses casos são normais, desde que a pessoa não sinta o nervosismo em excesso, a ponto de prejudicar a sua vida.

Hábitos para combater a ansiedade e o nervosismo

Para evitar que as atividades do dia-a-dia causem nervosismo, do contrário, aumentam as chances das pessoas viverem ansiosas, existem alguns hábitos que ajudam a relaxar. Confira quais são eles:

Alimentação

Alguns alimentos combatem os sintomas do nervosismo. Também é importante que na hora de comer você se conscientize da importância de estar calma. Nunca se alimente correndo ou fazendo outras atividades, por mais que o seu dia esteja corrido, isso apenas vai prejudicar a sua digestão.

Use o momento das refeições para relaxar, mastigando bem, comendo devagar, prestando atenção ao que está ingerindo. Esses hábitos também vão lhe proporcionar uma maior sensação de saciedade. Evite, ainda, exagerar nos doces, pois o açúcar funciona como estimulante no organismo. Prefira os chás calmantes, como camomila a erva-cidreira, que ajudam a relaxar.

Exercícios

exercicios

Eles são grandes aliados na hora de controlar as reações da mente e do corpo. Exercícios como yoga são ideais para a mente, trabalhando a respiração e os alongamentos. Já as atividades físicas de maior impacto, como as aeróbicas são perfeitas para desvencilhar a mente das preocupações.

Estimulantes

Pessoas que sofrem de ansiedade devem evitar o consumo de estimulantes, como as bebidas que possuem cafeína, além do café, estão incluídos nesse grupo alguns chás, como o verde e o preto. O álcool e o cigarro também funcionam como estimulantes para o organismo.

Ambiente

Os lugares em que as pessoas estão interferem diretamente na sensação de nervosismo. Assim, o melhor é se afastar de locais muito movimentados, com pessoas falando alto ou em que haja ruídos em demasia. Para comer, procure lugares mais calmos. Ficar durante alguns períodos do dia em locais silenciosos, sem nem mesmo aparelhos ligados, também é um ótimo calmante.

Como combater a ansiedade com a alimentação

Saiba quais são os alimentos que devem ser incluídos no seu cardápio para ajudar no combate à ansiedade:

Alface

alface

Além de ser uma verdura que colaborada para a digestão, o alface é fonte de lactucina e folato, que funcionam como calmantes, evitando quadros de depressão e confusões mentais.

Ovo

ovos-na-cesta

Além dos demais benefícios que possui, o ovo é rico nas vitaminas do complexo B, acetilcolina e niacina. Essas substâncias quando faltam no organismo causam ansiedade, depressão e apatia.

Maçã

maca-no-galho

Rica em fibras, carboidratos, zinco e selênio, é uma aliada no combate à ansiedade, relaxando o corpo.

Uva

uvas

Embora seja uma fruta energética, é fonte de vitaminas do complexo B, que agem no bom funcionamento do sistema nervoso central.

Mel

mel

Ajuda na produção de serotonina, um neurotransmissor responsável pela sensação de prazer e bem-estar.

Laranja

laranjas

Combate o cansaço e relaxa os músculos graças às vitaminas e cálcio, que possui.

Aveia

prato-com-aveia

Combate o nervosismo devido aos seus nutrientes, como a vitamina B6, cálcio e substâncias antioxidantes, sendo ideal no preparo de pães e bolos, bem como em vitaminas, sopas e mingaus.

Castanha-do-Pará

castanha-do-para-2

Rica em selênio, magnésio e tiamina, é ideal para os lanches entre as refeições.

Verduras verdes escuras

DIGITAL CAMERA

Espinafre, couve e rúcula são alguns delas e são ricos em nutrientes como potássio, magnésio, ácido fólico e vitaminas A, C e do complexo B.

Salmão e outros peixes

salmao

Possuem alto teor de zinco e selênio.

Além de evitar quadros de ansiedade, os alimentos que ajudam a combater o nervosismo também integram um cardápio equilibrado e saudável, rico em vitaminas e minerais. Ao priorizá-los você também consome alimentos que ajudam em diferentes funções do organismo.

Exercícios de alongamento que combatem o nervosismo

  • Sente-se, estenda uma perna e cruze a outra por cima. O pé deve se apoiar no chão, ao lado do joelho. Coloque o cotovelo sobre o joelho e empurre por alguns segundos. Relaxe o cotovelo e repita, alternando as pernas.
  • Entrelace os dedos e estenda a palma das mãos acima da cabeça. Fique na posição alguns segundos, relaxe e repita.
  • Apoie a coluna no chão, segure as pernas e puxe o joelho na direção do peito. Mantenha a posição e, depois, solte as pernas lentamente e repita três vezes.

Leave a Reply