Desigualdade Social

desigualdade social é quando um determinado grupo, devido a suas características físicas, crenças ou condições sociais são excluídos da sociedade em uma ou mais situações. Assim, ela também é um fator que têm o efeito de limitar ou prejudicar o status de uma determinada classe.

A desigualdade social pode se mostrar de formas diversas, como restringir o acesso ao direito de voto, liberdade de expressão, propriedade, educação, saúde, habitação, transporte, entre outros. Ou seja, quando uma restrição, incluindo ao que na Constituição se chama de direitos básicos, é imposta a um grupo de pessoas, acontece a desigualdade social.

Desigualdade Social no Mundo

A desigualdade social está presente em todo o mundo, em maior ou menor nível. No entanto, existem países onde a situação é mais evidente. Os países africanos são exemplos, pois sofrem com a exploração há séculos. Além disso, percebe-se uma relação direta da desigualdade social com a divisão de riquezas de um país. Ou seja, quanto maior é a concentração de riquezas por um pequeno grupo da sociedade, maior é a sua desigualdade social.

Desigualdade Social no Brasil

No Brasil não é diferente. Embora pesquisas tenham mostrado que as diferenciais sociais entre os cidadãos tenham diminuído, a grande maioria dos brasileiros ainda sofre com elas de formas distintas. A Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios – Pnad de 2011, realizada pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada – Ipea mostrou que houve redução da pobreza e, por consequência, da desigualdade social nos últimos anos.

Causas da Desigualdade

  • Distribuição de renda desigual;
  • Administração dos recursos incompetente;
  • Soberania do mercado capitalista;
  • Poucos investimentos em áreas sociais, culturais, saúde e educação;
  • Oportunidades reduzidas e desiguais de trabalho;
  • Corrupção.

Outras formas de Desigualdade

Desigualdade de gênero

É um dos principais fatores que contribuem para a desigualdade social. A discriminação de gêneros acontece quando existe a discriminação sexual, sendo que os fatores culturais e diferenças sexuais biológicas favorecem hierarquias de poder, status e renda.

Esse tipo de desigualdade também existe quando são impostas divisões de tarefas, postos de trabalho e profissões com base no gênero de uma pessoa. Embora sempre tenha existido essa desigualdade em muitas culturas desde o início dos tempos, mais recentemente começou a ser questionada.

Como consequência da desigualdade social por gênero, entre outras, as mulheres recebem um salário menor do que os homens, mesmo quando desempenham as mesmas funções. Dizer que uma determinada função deve ser desempenhada por um homem ou por uma mulher também é um exemplo de desigualdade.

Desigualdade racial

A desigualdade racial acontece quando existem distinções sociais em função da raça do indivíduo. Assim, ocorrem diferenças hierárquicas entre grupos étnicos dentro da mesma sociedade. Ou seja, de acordo com a cor da pele de uma pessoa, ela é tratada de uma forma diferenciada das demais.

Isso se dá por uma série de motivos, entre eles, está o de algumas raças avaliarem-se como superiores a outras raças. Em decorrência disso, alguns direitos básicos são negados aos indivíduos, como saúde, educação, etc.

Desigualdade de casta

A desigualdade pode se dar ainda por causa da família em que uma pessoa nasceu. O sistema de castas, entretanto, existe explicitamente em alguns países, como na Índia, Japão, Coreia, Nepal e outros. Em geral, a casta depende de uma ocupação ou origem. Assim, dependendo da casta de um indivíduo, ele pode sofrer restrições básicas, como ter o direito de comer ou beber junto com pessoas de outras castas.

Desigualdade etária

É quando a discriminação ocorre por causa da idade de um indivíduo. Dessa forma, quem sofre desigualdade etária geralmente tem um tratamento injusto em relação a recrutamento, promoções no trabalho e outros. Também é conhecido como preconceito de idade, ao ser criados estereótipos, a fim de justificar o preconceito baseado na idade.

Desigualdade de classes

Assemelha-se à desigualdade de castas, sendo que aqui não importa tanto qual a origem do indivíduo, mas a qual classe social ele integra no momento. Assim, são beneficiados os membros das classes com melhores condições que em geral se tornam patrões. Do outro lado, está a classe trabalhadora, subordinada e que vive em precárias condições de vida. Nem sempre essa divisão é clara, sendo que nas últimas décadas o consumismo conseguiu, não eliminar essa desigualdade, mas deixá-la menos óbvia.

Desigualdade na saúde

É a diferença quanto à possibilidade de uma pessoa acessar ou não o sistema de saúde. No entanto, está relacionada a outras desigualdades, como a racial e social.

Luta de Classes

A luta de classes, que é uma constante desde o surgimento das primeiras sociedades, se dá em decorrência da desigualdade social. Assim, ela ocorre quando os indivíduos menos favorecidos decidem lutar pelos mesmos direitos que membros de outras classes sociais possuem. Greves e reivindicações que exigem melhorias nas condições de trabalho são exemplos da luta de classe, que mesmo nas sociedades modernas e ditas democráticas existe.