Estados Físicos da Água

Na natureza, a água é encontrada de três formas diferentes, os quais são chamados de estados físicos da água. São eles: o gasoso, o líquido e o sólido. Além disso, o ciclo da água compreende esses três estados diferentes, a partir do seu movimento pela natureza. Nessa movimentação, a água, portanto, passa por mudanças dos estados físicos. Essas mudanças ocorrem por meio dos processos chamados de fusão, vaporização (evaporação e ebulição), solidificação, liquefação (ou condensação) e sublimação.

Estados Físicos da Água

Estado Líquido

É a forma como a água se apresenta em maior quantidade no planeta. No estado líquido a água é vista em lagos, rios, oceanos, etc. Além disso, o estado líquido não tem uma forma própria.

Estado Sólido

Nesse estado da água, ela aparece em cubos de gelos, por exemplo. A diferença mais importante é que o estado sólido apresenta uma forma, já que as moléculas da substância estão muito próximas devido à temperatura.

Estado Gasoso

Nesse estado da água, a mesma não possui uma forma definida, uma vez que as suas partículas encontram-se afastadas entre si.

Mudanças de Estado Físico

As mudanças de estados físicos da água se dividem em cinco tipos diferentes, os quais também são chamados de processos. Veja como funciona cada um deles:

Fusão

É a passagem, causada por aquecimento, do estado sólido para o líquido. As altas temperaturas proporcionam a elevação da temperatura da água até ao seu ponto de fusão – temperatura em que a substância passa do sólido para o líquido, no caso da água é de zero grau.

Além disso, a temperatura não aumenta enquanto está acontecendo a fusão, assim, a temperatura volta a aumentar apenas após toda a substância passar para o estado líquido. Um exemplo é o gelo que derrete em um dia quente, assim, o bloco de gelo permanecerá a zero grau até todo ele derreter.

Vaporização

É quando ocorre a mudança do estado líquido para o gasoso por meio do aquecimento da água. Nesse caso, o ponto de ebulição de uma substância é a temperatura necessária para que a mesma faça a transição do líquido para o gasoso. No exemplo da água é de 100 graus.

A evaporação e a ebulição são tipos de vaporização. A diferença é a velocidade do aquecimento, assim, quando ela é lenta se chama de evaporação e quando o aquecimento é rápido ganha o nome de ebulição. Durante a ebulição, a temperatura permanece inalterada, só voltando a aumentar quando toda a substância estiver no estado gasoso.

Solidificação

Acontece quando existe a mudança de estado líquido para o sólido, que é causado pelo arrefecimento ou resfriamento. Para essa transição, existe o ponto de solidificação da água, que é de zero grau. Um exemplo é quando os cubos de água que são colocados no refrigerador se tornam cubos de gelo.

Além disso, quando a água líquida começa a solidificar, a sua temperatura fica inalterada até que a toda ela esteja sólida.

Liquefação

É a mudança de estado da água que também tem o nome de condensação e acontece quando a substância passa do estado gasoso para o líquido como consequência do resfriamento (ou arrefecimento). Quando a substância gasosa inicia o processo, a sua temperatura fica inalterada até que toda a substância esteja líquida, só depois ela continua a baixar.

Um exemplo é a geada e o orvalho das plantas. O orvalho se forma quando o vapor de água presente no ar se condensa ao entrar em contato com superfícies mais frias que o ar.

Sublimação

É a alteração do estado sólido para o gasoso, através do aquecimento da água. O mesmo nome é dado também para a mudança do estado gasoso para o sólido, por arrefecimento, tendo como exemplo a naftalina e o gelo seco.

Propriedades da Água

A composição da água é dois átomos de hidrogênio (H2) e um átomo de oxigênio (O), formando a molécula H2O. Entre as suas propriedades, as mais importantes são as seguintes:

  • Quando potável é cristalina, incolor, inodora e insípida.
  • É purificada pela evaporação, mas também quando entra no solo, até os lençóis freáticos;
  • É um solvente universal, proporcionando a formação de misturas com outras substâncias;
  • Consegue transportar substâncias e outros corpos;
  • Se em repouso, apresenta sua superfície plana e horizontal;
  • Possui tensão superficial, ou seja, aptidão de manter unidas as moléculas de sua superfície;
  • Apresenta massa igual desde que a Terra se formou.