Plantago Ovata – Emagrece? O que é e Indicações de Uso

Em busca de alternativas mais naturais para emagrecer, agora, o que caiu no gosto de quem busca a perda de peso foi a Plantago Ovata, que já está sendo comercializada em forma de capsulas e em pó. A seguir conheça melhor esse ingrediente que está se tornando conhecido pelas pessoas que desejam emagrecer.

Mas o que é Plantago Ovata?

A Plantago ovata é uma planta medicinal, que integra a família platagiaceae e que também é conhecida por outros nomes, como Psilium ou Psyllium. A planta que é nativa da Ásia Ocidental e da Sul da Ásia possui como as suas mais conhecidas propriedades a laxativa, estimulante, antidiabética e sudorífica (que faz suar). Atualmente, a Plantago Ovata é mais facilmente encontrada no sudoeste dos Estados Unidos, onde foi introduzida.

Outra de suas características é o seu tamanho de 50 cm e as flores brancas, agrupadas em espigas na ponta de pequenas hastes, que produz. O nome Plantago Ovata tem origem do grego, sendo que psylla se traduz como pulga, uma vez que a semente da planta se assemelha ao inseto.

É bastante usada pelos europeus, desde o século XIX, porém, apenas a casca da semente, que é tida como a única parte medicinal da planta, graças à grande quantidade de fibras que possui. Na sua composição estão substâncias como L-arabinose, D-xilose e ácido galacturônico, além de mucilagens, óleos e das fibras.

Enquanto as mucilagens da Plantago Ovata absorvem altas quantidades de água, ajudando no processo de eliminação dos alimentos, a planta também é responsável por retardar o esvaziamento gástrico e absorver a glicose a partir do intestino delgado. Os seus óleos também favorecem a propriedade laxativa.

Além de ajudar na digestão, já que suas fibras são dificilmente eliminadas, a planta ajuda a amolecer as fezes, evitando casos de hemorroidas. Outros de seus benefícios são diminuir o colesterol ruim, aumentar o colesterol bom e aumentar a saciedade, fazendo com que a pessoa que a ingerir demore mais para sentir fome. Por outro lado, é preciso moderar o seu consumo, uma vez que pode aumentar os níveis de sódio no sangue.

Plantago Ovata Emagrece?

Devido à forma como a Plantago Ovata age no organismo, é muito indicada para tratamentos de emagrecimento. Por isso, já é comercializada em pó e em capsulas, além de ser encontrada in natura. Enquanto as capsulas podem ser ingeridas ao longo do dia, a planta em forma de pó pode ser adicionada a vitaminas e sucos.

Já as capsulas podem ser ingeridas antes das refeições, assim, a pessoa come menos, pois o seu efeito de saciedade vai fazer com que a pessoa sinta-se satisfeita com menos comida. Porém, ao usar a planta para emagrecer, é preciso aumentar o consumo de água diário, já que a Plantago Ovata absorve bastante água do organismo.

Outra explicação para as inúmeras vantagens que a planta oferece a quem deseja emagrecer é que ela se liga às moléculas de carboidratos simples, impedindo que sejam absorvidas pelo intestino, mas sim, eliminadas.

Indicações

Além de ser eficiente no tratamento para emagrecer, a Plantago Ovata pode ser usada com outras finalidades. Entre elas, está para evitar ou tratar a prisão ventre, pois ajuda na evacuação. Devido as suas propriedades, a planta também controla os níveis de colesterol no organismo.

Ao fazer uso da Plantago Ovata, a pessoa pode sentir a sensação de saciedade mais facilmente, evitar a flatulência, tratar a diabetes tipo 2, reduzir o ácido úrico e o risco de doenças cardíacas. Quem usar o chá da planta pode ferver 3 gramas das sementes com 100 ml de água por 5 minutos. Depois de repousar por 15 minutos, coe e espere esfriar para beber em seguida.

Quanto à propriedade laxativa, a Plantago Ovata funciona como um laxante suave, emoliente e demulcente. Por isso, pode ser é usada, ainda, no tratamento de evacuação intestinal em casos de hemorroidas, convalescença, períodos pós-operatórios e senilidade. Também em colites e diverticulites.

Contraindicações

Mesmo com todos os benefícios da Plantago Ovata, é preciso usar a planta com moderação, uma vez que pode fazer com que aumenta a quantidade de sódio no sangue. Para outros casos ela é totalmente contraindicada, como para gestantes, mulheres que estejam amamentando e para crianças com menos de 12 anos de idade.

Também deve ser evitada a sua ingestão quando a pessoa estiver com cólicas abdominais de origem desconhecida, bem como em casos de constrição ou estenose intestinal.