Primeira Capital do Brasil

A Primeira Capital do Brasil foi Salvador durante os anos de 1530 até 1763, quando a sede principal do governo foi transferida para a cidade do Rio de Janeiro. Entenda o que aconteceu:

Contexto Histórico

Neste período, a Coroa portuguesa delegou a administração de terras e a exploração através de doações, criando o sistema de capitanias hereditárias, no qual a posse da terra era transferida para os herdeiros dos primeiros proprietários.

A capitania de Pernambuco era uma das maiores produtoras da colônia, tornando a região Nordeste rica e desenvolvida. Este foi um fator determinante para que Salvador se tornasse a primeira capital do Brasil, pela proximidade física e também por ser uma cidade litorânea, o que favorecia o transporte de produtos e remessas para a Europa.

Além disto, a região Nordeste tinha uma forte produção açucareira, sendo um dos maiores centros de produção da colônia.

Com o crescimento e a ascensão de outras regiões e estados, Salvador foi perdendo sua importância.

Segunda Capital do Brasil

Como consequência de uma nova realidade econômica, a capital do Brasil foi transferida para o Rio de Janeiro no século XVIII, devido principalmente as descobertas de metais preciosos no interior do território brasileiro (no Mato Grosso, Minas Gerais e Goiás) que culminaram na grande exploração de minas. Neste contexto, a proximidade do Rio de Janeiro era propícia para que a coroa controlasse e fiscalizasse toda a cadeia extrativa, combatendo o contrabando de pedras preciosas e impondo o pagamento dos impostos.