Relaxante Muscular Natural – Formas Caseiras e Naturais

O uso frequente do computador e demais atividades que exigem das pessoas ficarem mal posicionados durante horas seguidas têm aumentado os casos de dores musculares. Elas afetam as mais diversas áreas do corpo e no final do dia deixam os indivíduos ainda mais cansados, com uma sensação de quem carregou pedra o dia todo. Nessas horas, torna-se necessário recorrer a um relaxante muscular natural para aliviar as tensões.

Quando as dores musculares são causadas por tensões, esforço físico, má postura e outras causas que não são graves não é preciso tomar remédios. Os chás que funcionam como Relaxante Muscular Natural são muito eficientes, além de serem mais baratos e não prejudicar a saúde do organismo.

Se as dores são mais ou menos frequentes e você sempre tomar um fármaco, como os relaxantes musculares, em pouco tempo eles não farão mais efeito e podem causar efeitos colaterais, como gastrite e outros problemas. Claro que em casos em que a dor é frequente o mais indicado é buscar ajuda médica.

No entanto, experimente tomar um dos chás que funcionam como relaxantes musculares naturais antes de dormir e veja como você também terá um sono mais profundo e tranquilo, além de eliminar com as dores. É importante saber, ainda, que a dor é um mecanismo de proteção do corpo, porque quando uma posição ou esforço pode levar a uma lesão, os receptores das terminações nervosas são estimulados, iniciando a sensação de dor e exigindo que você pare o que está fazendo e que está causando a dor.

Existem muitas ervas que são tradicionalmente usadas para reduzir as dores musculares, sendo que entre as mais comuns estão o louro, a erva-doce, a camomila e a passiflora. Além disso, noites mal dormidas também podem causar dores musculares, inclusive, torcicolos e mesmo disfunções do sistema nervoso central ou periférico. Como esses chás também relaxam a mente, você resolve os dois problemas de uma única só vez e de maneira 100% natural.

Quem tem acesso às ervas relaxantes em forma de folhas secas, melhor, pois elas são mais saudáveis do que os chás de caixinha, que passam por um processo de industrialização. No entanto, também servem na falta das ervas in natura.

Dicas de relaxante muscular natural

Erva-Doce

Erva Doce

Erva Doce

Entre as ervas que funcionam como relaxantes naturais a erva doce é uma das preferidas, pois o seu sabor é suave e quase doce, nem precisando ser adoçado para que fique agradável. Além de relaxar os músculos, possui propriedades calmante, expectorante, cicatrizante, diurético, antiespasmódico, antidispéptico e sudorífico.

Isso significa que além de tratar da dor muscular também faz bem para quem está com dor de barriga, indigestão, inchaço, azia, cólicas e mesmo com crises de asma, bronquite e tosse ou está sofrendo de dor de cabeça, inflamações e palpitações. Mesmo com tantos benefícios, entretanto, pessoas com úlcera duodenal ou gástrica, refluxo, colite ulcerosa ou diverticulite é melhor evitar o chá.

Na hora de combater a dor no corpo, a erva doce, que também é conhecida como funcho, pode se combinar com outras plantas na preparação de chás. Uma dica é fazer um chá com as folhas da erva doce, louro e camomila. Basta ferver a água, adicioná-la em uma xícara com as ervas, aguardar alguns minutos, coar e beber quando amornar. Se preferir, adicione mel.

Para chás que ajudam a passar as dores musculares, outra combinação é com as folhas de erva doce, sementes de mostarda, canela em pau e água quente. Você também pode fazer uma infusão combinando a erva doce com as folhas de erva cidreira e de maracujá.

Camomila

A camomila é outra planta com ação anti-inflamatória muito eficiente. Também possui propriedade cicatrizante, antiespasmódica e calmante. Assim, é ideal beber o seu chá não só para o tratamento de dores musculares como também para diminuir irritações cutâneas, inflamações nasais, além de tratar diarreia, insônia, ansiedade e resfriados.

Porém, o seu uso não é indicado para quem sofre de inflamações oculares, o que pode agravar o quadro do problema. O seu chá pode ser feito em combinação com outras ervas ou sozinho, sendo o melhor a infusão com as suas flores.

Louro

Para os casos de dores musculares relacionadas a quadros de tensão, o chá com as folhas de louro é a melhor opção. Além disso, a planta serve para amenizar situações de má digestão. Para fazer o chá da erva, use uma colher de sopa de folhas de louro para uma xícara de água.

Você deve ferver a água e depois colocá-la em uma xícara onde estejam depositadas as folhas de louro. Aguarde alguns minutos para coar, espere esfriar e então pode beber. Você pode, ainda, adoçar com mel se preferir.

Passiflora

A passiflora é também outra planta com propriedades terapêuticas que ajuda a combater dores musculares. Essa planta também é conhecida como a flor de maracujá, sendo considerado um potente calmante natural. Assim, é utilizada em situações de depressão, ansiedade, dificuldade de concentração,  hiperatividade infantil e durante a síndrome pré-menstrual.

Pode-se usar toda a passiflora para fazer chás. Em casos de verminose o mais indicado é fazer um chá com as suas sementes secas. Para tratar a insônia, as folhas secas de maracujá é a melhor parte. A ansiedade é resolvida com o suco da fruta. Para o chá que trata a dor muscular, podem-se usar as partes aéreas da passiflora, como as flores, caule e folhas.

Propriedades dos Chás Relaxantes Naturais

Os chás que servem como relaxantes musculares naturais costumam apresentar outras propriedades também, que tratam de problemas relacionados, como estresse, insônia, má digestão e alguns possuem ação beneficia às vias respiratórias. Assim, são antidepressivos, relaxantes, calmantes, analgésica e antiespasmódica.

Tratamentos para Relaxar os Músculos

Você pode escolher o chá de sua preferência para beber antes de dormir e tratar as suas dores musculares. Pode beber o chá também quando chegar em casa, depois do trabalho, escola, faculdade, academia ou outra atividade, desde que não pretenda fazer exercícios físicos nem qualquer outro tipo de esforço, tornando mais eficiente o tratamento. No entanto, se quiser beber por mais de uma semana um chá, é aconselhável que troque de erva ou faça combinações.

Leave a Reply