Rios Brasileiros

Existem muitos rios brasileiros e eles são organizados naturalmente em bacias hidrográficas. No total, são 12 grandes bacias hidrográficas, sendo que delas, sete possuem o mesmo nome do seu rio principal. São elas a bacia São Francisco, Amazonas, Paraná, Tocantins (Araguaia), Parnaíba, Uruguai e Paraguai.

As demais bacias são constituídas por agrupamentos de vários rios, sem possuírem um rio principal como eixo. Além disso, o Brasil reúne as maiores bacias hidrográficas do planeta. Veja quais são elas:

Rios brasileiros e suas bacias hidrográficas

Bacia Amazônica

bacia-amazonica

A Bacia Amazônica é a maior do mundo e tem como principal rio o que dá nome a ela, além dos afluentes do rio Amazonas. Toda a sua extensão é de mais de sete milhões de quilômetros quadrados, sendo que pouco menos de 4 milhões está em terras brasileiras. O restante está em países como Venezuela, Colômbia, Peru, Bolívia, Equador e Guiana.

Já o seu principal rio nasce na Lagoa Mclntyre, no Nevado Mismi, na Cordilheira dos Andes, no Peru. Quando chega ao Brasil ganha o nome de Solimões, até se encontrar com o rio Negro. A partir daí é denominado Amazonas e segue até desaguar no Oceano Atlântico. Além disso, o Amazonas é o segundo rio mais extenso e com maior volume de água no planeta, perdendo apenas para o Nilo.

Os seus maiores afluentes são os rios Tapajós, Xingu, Purus, Madeira, Negro, Juruá e Jari, mas existem muitos outros. Devido ao clima da região, predominantemente úmido com chuvas constantes, o rio Amazonas passa por um período longo de cheias e uma pequena estiagem.

Bacia do Tocantins – Araguaia

Essa é a maior bacia totalmente brasileira, se caracterizando por seu curso navegável em grande parte e pela produção de energia (hidrelétricas). Sua localização é a Amazônia Oriental, estendendo-se por mais de 900 mil quilômetros quadrados. Ele inicia com a junção dos rios Maranhão e das Almas, em Goiás, seguindo até a foz na baía do Marajó, no Pará.

Além do rio que dá nome à bacia, outro muito importante é o Araguaia, ambos passam pelos estados de Tocantins, Pará, Goiás, Mato Grosso, Maranhão e pelo do Distrito Federal. A maior ilha fluvial do mundo, a ilha do Bananal, integra essa bacia.

Bacia do São Francisco

Conta com 168 afluentes, além do principal rio, o São Francisco. Sua área total é de pouco mais de 600 mil quilômetros quadrados, o que representa 8% do território nacional. Entre os estados banhados por essa bacia estão Pernambuco, Alagoas, Sergipe, Minas Gerais, Bahia, Goiás e o Distrito Federal, além de abranger 521 municípios.

A extensão do rio São Francisco é de quase 3 mil quilômetros, tendo como nascente a serra da Canastra, em Minas Gerais. Após percorrer os estados que banha, desagua no Oceano Atlântico, entre Sergipe e Alagoas. Já que é um rio que nunca seca, também serve para construção de muitas hidrelétricas e embora passe pela região mais seca do país, o sertão semiárido nordestino, os seus afluentes secam por longos períodos.

Bacia Platina

A Bacia Platina é formada pelas bacias Paraná, Paraguai e Uruguai. Os principais rios são aqueles que dão nome a cada bacia e embora estejam em bacias separadas, todos eles se encontram no estuário do Prata, entre o Uruguai e a Argentina. O Rio Paraná apresenta 2.400 quilômetros de trechos navegáveis e entre os seus afluentes estão Tietê, Grande, Peixe e Paranapanema.

Já o rio Uruguai nasce no encontro dos rios Canoas e Pelotas e passa pelas cidades de Uruguaiana e São Borja, no Rio Grande do Sul, na fronteira do Brasil com o Uruguai. Por fim, o rio Paraguai atravessa o Pantanal Mato-grossense, servindo para o escoamento do manganês do Maciço do Urucum. Ele também passa pelo Paraguai, Argentina e Bolívia.

Bacias Secundárias

Embora em algumas fontes a bacia Parnaíba esteja como uma das sete principais, ela também pode estar associada às secundárias. Nesse caso, entra na Bacia do Nordeste, que integra ainda a Bacia do Atlântico Nordeste Oriental e a Bacia do Atlântico Nordeste Ocidental, localizando-se no sertão nordestino. Os rios dessa bacia são temporários e por isso ficam meses secos.

Bacia do Leste

Integra a Bacia do Atlântico Leste, sendo formada pelos rios que descem do Planalto Atlântico.

Bacia do Sudeste e Sul

Ou Bacia do Atlântico Sul é integrada pelos rios que vão das serras e planaltos em direção ao oceano.