Sertralina Emagrece? Indicações e Efeitos Colaterais

Se a Sertralina emagrece é uma dúvida de muitas pessoas e o motivo pelo qual muitas delas resolvem fazer uso desse antidepressivo. No entanto, só pelo fato de ser um remédio é preciso evitar o seu uso, apenas em casos que seja realmente necessário um tratamento com ele, o que pode ser avaliado apenas por um profissional da saúde capacitado.

Sertralina Emagrece?

De qualquer forma, vale lembrar que a Sertralina não emagrece de forma direta, ou seja, não faz a pessoa perder peso. O que acontece é que ela trata a ansiedade – essa sim, um dos fatores que podem levar ao ganho de peso. Muitas pessoas quando estão ansiosas comem mais do que o normal.

Assim, ao tratar a ansiedade com o remédio a fome descontrolada pode ser controlada. Porém, pessoas que não sofrem de distúrbio de ansiedade não vão ter o seu peso mudado com o remédio. Mesmo quem sofre de ansiedade pode buscar tratamentos mais naturais para que não precise usar Sertralina, já que o antidepressivo também causa efeitos colaterais.

O que é Sertralina

A Sertralina também conhecida como cloridrato de sertralina é um fármaco antidepressivo de absorção gastrintestinal que age no equilíbrio químico da serotonina no cérebro. O remédio é prescrito para pacientes que sofrem de diferentes distúrbios de ansiedade, como depressão, transtorno do pânico, transtorno obsessivo compulsivo, transtorno pós-traumático, fobia social e síndrome da tensão pré-menstrual.

O medicamento dá os primeiros resultados após duas a quatro semanas de uso, em casos de depressão e pânico, tendo ação mais demorada nas situações de obsessão. Além disso, a Sertralina pertence a um grupo de fármacos denominados de ISRS – Inibidores Seletivos da Receptação da Serotonina.

Para entender melhor, a serotonina é uma substância produzida pelo cérebro que quando existe em grande quantidade pode causar quadros de pânico, estresse, depressão e ansiedade. O objetivo da Sertralina, portanto, é o de controlar a quantidade da serotonina.

Indicações

Apenas quem possui os seguintes problemas deve fazer uso da Sertralina:

  • Transtorno Obsessivo Compulsivo;
  • Transtorno do Estresse Pós-Traumático;
  • Perturbação de ansiedade social;
  • Transtorno do Pânico, acompanhado ou não de agorafobia;
  • Transtorno Obsessivo Compulsivo em pacientes pediátricos;
  • Episódios depressivos major.

Em alguns casos, ainda mais específicos, pode ser prescrita para pacientes que precisem tratar os sintomas da Síndrome da Tensão Pré-Menstrual e/ou Transtorno Disfórico Pré-Menstrual.

Como Usar Sertralina

Já que é um remédio de uso e venda controlada, apenas o médico poderá prescrever a melhor forma de usar a Sertralina, já que isso vai depender do distúrbio de ansiedade pelo qual uma pessoa está passando. Além disso, quem pensa sobre os efeitos do remédio apenas para o emagrecimento deve levar em consideração que é normal uma pessoa sentir ansiedade.

Esse sentimento se torna um problema apenas quando ele começa a afetar o dia a dia do indivíduo, atrapalhando a sua vida profissional, pessoal, afetiva, etc. Quem é apenas um pouco ansioso e por isso come mais do que deve pode buscar maneiras mais naturais e menos danosas para o organismo para reduzir a sua ansiedade.

Efeitos Colaterais Sertralina

Os efeitos colaterais da Sertralina podem ser muitos, entre eles, os principais são:

  • Distúrbios sexuais: diminuição do desejo sexual, impotência, distúrbios da ejaculação, ausência de orgasmo;
  • Distúrbios gastrointestinais: vômitos, diarreia, náuseas, falta de apetite e perda de peso.
  • Boca seca;
  • Dor de cabeça
  • Cansaço;
  • Insônia;
  • Sonolência;
  • Tontura;
  • Tremores;
  • Suor excessivo.

Esses efeitos colaterais são observados no uso da maioria dos antidepressivos, mais um motivo para não usar a Sertralina para emagrecer. Além disso, existem especialistas que relatam que além de não oferecer os resultados esperados aos pacientes com distúrbios da ansiedade, os efeitos colaterais são superiores aos benefícios.

Outra desvantagem dos Inibidores Seletivos da Receptação da Serotonina, mesmo para os distúrbios mentais, é que depois de um tempo de uso ele pode não mais fazer o efeito desejado no paciente.

Contraindicações

Mais estritamente, a Sertralina é contraindicada a pessoas que tenham hipersensibilidade à Sertralina e mesmo aos demais componentes de sua fórmula. Além disso, deve ser evitado por mulheres grávidas e que estejam amamentando, bem como para pacientes que fazem uso de remédios inibidores da enzima MAO. Essa enzima é responsável pela degradação de substâncias, como a adrenalina, no organismo.